Encontro Nacional “Bibliotecas e Arquivos: O que mudou nos últimos 50 anos”

No âmbito das comemorações do 50.º aniversário da Revolução de 25 de Abril de 1974, a Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação e a Câmara Municipal de Cascais promoverão nos dias 9 e 10 de maio, no Centro Cultural de Cascais, o Encontro Nacional Bibliotecas e Arquivos: O que mudou nos últimos 50 anos.

 

Neste Encontro, que contará com a apresentação das reflexões de mais de uma dezena de investigadores e profissionais da informação, avaliar-se-ão as políticas e práticas que garantiram a transição das bibliotecas e arquivos portugueses para a democracia. Este balanço e troca de perspetivas estimulará a discussão em torno das diretrizes de alguns dos mais emblemáticos projetos em curso, que aqui se apresentarão. Debater-se-ão, assim, as principais ruturas e permanências, mas sobretudo as inovações projetadas e concretizadas por estes espaços de liberdade, em prol da democratização do acesso à informação, tendo por base os conceitos de desestatização, descentralização, inclusão, transparência, acesso aberto, educação não formal e criatividade.

 

O reforço do direito à informação e à fruição cultural garantido por Bibliotecas e Arquivos transformou o acesso público, não mediado e em rede numa necessidade. Traduziu-se igualmente na urgência do reforço da sua cooperação com a Escola e a Universidade, de forma a corresponderem às necessidades e expetativas da comunidade que servem, com vista à conquista e partilha de novos e mais ativos públicos. Neste contexto, também o perfil e desafios dos profissionais da informação evoluíram, como se discutirá na mesa-redonda com que se encerra este Encontro.

PROGRAMA PROVISÓRIO

9 maio, 5.ª feira

 

9h30 – Receção dos participantes

 

10h00 – Sessão de abertura

  • Presidente da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação, Ana Alves Pereira
  • Diretor-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, Silvestre Lacerda
  • Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras

 

ANTES E DEPOIS DE ABRIL

 

10h20 – Conferência de abertura “Arquivos e Bibliotecas: Memória, Censura e Liberdade”

José Pacheco Pereira | Ephemera – Associação Cultural Biblioteca e Arquivo

Conferência inaugural apresentada por Ana Paula Gordo | BAD

 

11h00 – Pausa para café

 

11h30 – “Os Arquivos e a revolução do 25 de abril de 1974”

Silvestre Lacerda | Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas

 

12h00 – “As Bibliotecas Públicas no Portugal democrático: Políticas e práticas – Balanço e perspetivas”

José Soares Neves | Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-ISCTE) – Observatório Português das Atividades Culturais

 

12h30 – Período de debate, moderado por Ana Alves Pereira | BAD

 

13h00 – Almoço

 

A INFORMAÇÃO E A CULTURA COMO DIREITO

 

15h00 – “Bibliotecas Públicas entre a Promoção da Leitura e o Acesso à Informação: Capacitar comunidades, desenvolver territórios”

Bruno Eiras | Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas

 

15h20 – “A Biblioteca Escolar: Lugar de liberdade”

Manuela Pargana Silva | Rede de Bibliotecas Escolares

 

15h40 – “Bibliotecas do Ensino Superior em Portugal: Da inexistência, confinamento e invisibilidade à abertura e afirmação”

Eloy Rodrigues | Serviços de Documentação e Bibliotecas da Universidade do Minho

 

16h00 – “Património documental e museológico da CGTP-IN: Passado, presente e futuro”

Filipe Caldeira | Centro de Arquivo e Documentação da CGTP-IN

 

16h20 – “Arquivos do Algarve em retrospectiva e em rede”

Rede de Arquivos do Algarve [Orador a confirmar]

 

16h40 – Período de debate, moderado por Paula Meireles | BAD

 

 

10 maio, 6.ª feira

O FUTURO É AGORA

 

10h00 – “Patrimónios divergentes: Reconciliação e convergência na era digital”

Fernanda Rollo | Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Laboratório de História, Territórios e Comunidades

 

10h30 – “Profissionais de informação em Portugal: Síntese dos resultados do estudo realizado pela BAD”

Luísa Alvim | Vogal da Profissão do Conselho Nacional da BAD – Arquivo Municipal de Vila Nova de Famalicão

 

11h00 – Período de debate, moderado por João Miguel Henriques | Câmara Municipal de Cascais

 

11h20 – Pausa para café

 

11h40 – Mesa-redonda Profissionais da Informação e Documentação: Que futuro?
Moderação: Luísa Alvim |Vogal da Profissão do Conselho Nacional da BAD | Arquivo Municipal de Vila Nova de Famalicão

Convidados:
Magda Valente Correia | Investigadora
Pedro Príncipe | Serviços de Documentação da Universidade do Minho
Rita Aleixo | Assembleia da República – Biblioteca Passos Manuel
Sofia Diogo | Universidade Aberta

 

12h45 – Conclusões do Encontro

 

13h00 – Almoço

 

14h30 – Visita guiada a equipamentos culturais de Cascais [percurso a definir]

INSCRIÇÕES

As inscrições são gratuitas,  mas obrigatórias. Inscreva-se já! (inscrições encerradas, o auditório atingiu o limite máximo de capacidade)